terça-feira, 26 de julho de 2011

Queimadores de Contêineres

Sabe quem são essas pessoas que queimam contêineres leitor? São pessoas como aquele estudante que pichou uma escola em Viamão e ao ser corrigido pela professora causou a expulsão desta! Percebem a inversão da escala de valores?

Mal chegaram e os equipamentos para a coleta de lixo automatizada de Porto Alegre já encontraram a cordial recepção do povo mais "politizado" do país. Cerca de uma dezena foram incendiados por vândalos, por motivos ainda nebulosos. Para alguns, foi motivo político, para outros a culpa é a falta de segurança. Para mim, a culpa é uma só: falta de educação. Ou pior, excesso de educação doutrinatória (aquela que idolatra Che Guevara, Lamarca, Mao, Lênin e diz que todo capitalista é um maldito); garanto que tem gente que queimou os contêineres de lixo por achar que era coisa do imperialismo norte-americano ou da rede globo. Fizeram assim com o relógio dos 500 anos do Brasil que foi dado para Porto Alegre também. Um bando de criminosos.
Vejo algumas pessoas se surpreenderem com estes fatos. Eu não me surpreendo. Não escreverei aqui que estava até esperando estes atos, pois assim evito ser acusado de ser profeta do acontecido. Mas era inevitável que isto iria acontecer. Dentro em breve estarão chamando os equipamentos queimados de obra de artes, como faz uma tal Márcia Tiburi a respeito das pichações. Atos como esses são incentivados quer por estímulos partidários ou por interesses empresariais. Mas tudo se resume à falta de educação.
Sabe quem são essas pessoas que queimam contêineres leitor? São pessoas como aquele estudante que pichou uma escola em Viamão e ao ser corrigido pela professora causou a expulsão desta! Percebem a inversão da escala de valores? Percebem que tipo de cidadãos estão sendo formados em nossas escolas? Militantes. Formamos militantes e não uma juventude responsável e consciente. Não formamos cidadãos.
Quanto à família... Bom, esta também já não pode fazer muita coisa, pois qualquer corretivo que os pais apliquem nos seus filhos estes logo vão ao conselho tutelar denunciar os maus tratos. O patrio poder agora pertence ao Estado. E se um pai ou uma mãe se desvirtuar do preconizado pela cartilha... Guilhotina. Assim, a escola rouba o papel da família e a estrutura da sociedade é rompida. Tudo isso, claro, em nome do bem comum e de "um mundo melhor".

Um comentário:

  1. Gostaria de acrescentar que esses idiotas que desrespeitam professores, ou que incentivam seus filhos a agirem dessa forma, somados aos imbecis vândalos e aos militantes do "mundo melhor" dominado por usuários de marijuana (e outras drogas a que o uso desta conduz) possuem título de eleitor e na hora de usá-lo, definem-se por pessoas de sua mesma laia. Este é o grande "investimento social" a que está submetido o país.

    ResponderExcluir